Informam-se todos os cidadãos portugueses recenseados em Território Nacional (Portugal), mas deslocados temporariamente no estrangeiro, que podem votar antecipadamente nos postos consulares entre os 12º e os 10º dias anteriores ao dia da eleição, ou seja, entre 27 e 29 de fevereiro de 2024, desde que se encontrem numa das seguintes situações:

 

  1. Quando deslocados no estrangeiro, por inerência do exercício de funções públicas;
  1. Quando deslocados no estrangeiro, por inerência do exercício de funções privadas;
  1. Quando deslocados no estrangeiro em representação oficial de seleção nacional, organizada por federação desportiva dotada de estatuto de utilidade pública desportiva;
  1. Enquanto estudantes, investigadores, docentes e bolseiros de investigação deslocados no estrangeiro em instituições de ensino superior, unidades de investigação ou equiparadas reconhecidas pelo ministério competente;
  1. Doentes em tratamento no estrangeiro;
  1. Que vivam ou que acompanhem os eleitores mencionados nas alíneas anteriores.”

Todos os votos antecipados serão depois enviados para a respetiva Junta de Freguesia da área de residência, em tempo útil de serem entregues na devida mesa de voto e contabilizados.

Para mais informações, não hesite em contactar o sítio da internet da Comissão Nacional de Eleições através de:

Perguntas Frequentes: Voto antecipado no estrangeiro | Comissão Nacional de Eleições (cne.pt)

  • Partilhe